Inscrever-me

A evolução do setor da construção em Portugal

12 Agosto, 2021
bmachado

Recentemente, foram revelados vários dados e estudos relativos a evolução do setor da construção, com os respetivos indicadores e projeções. Para que se mantenha ao corrente, deixamos-lhe aqui um breve resumo da evolução do setor da construção no nosso país:

Ponto de situação

Apesar da pandemia, o setor da construção continuou a ter bastante procura, verificando-se um aumento desta nos primeiros 5 meses de 2021, sendo que as licenças emitidas pelas Câmaras Municipais cresceram em cerca de 18,7%, com variações de 19,3% em construções novas e de 17,0% em obras de reabilitação. As licenças emitidas para construção de fogos em novas construções aumentou em 15,5%. Mas o que significa isto? Significa que, apesar da conjuntura económica negativa que a pandemia trouxe, o setor da construção apresentou crescimento durante o período.

Materiais de construção

A partir do estudo "Evolução dos Negócios no Comércio de Materiais de Construção", elaborado pelo economista e professor universitário Manuel Carlos Nogueira e encomendado pela APCMC, conseguem-se fazer previsões bastante positivas no que ao setor dos materiais de construção diz respeito. O facto de a construção se ter revelado bastante resistente durante o período de pandemia leva a que os indicadores do crescimento deste comércio tenham sido revistos, apontando-se para um crescimento de 3% no volume de negócios da construção para o ano de 2021. Prevê-se um ligeiro decréscimo em 2022, para os 2,9%, mas 2023 poderá trazer um aumento no volume de negócios, subindo para os 3,1%.

Como enfrentar a subida de preço dos materiais da construção

Indicadores da construção

Segundo dados revelados pela AICCOPN (Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Públicas), o setor da construção continuará a revelar uma tendência de crescimento, com uma taxa de crescimento real entre os 1,2% e os 3,2%, num valor médio de 2,2,%. No que à construção residencial diz respeito, prevê-se uma variação de produção média a situar-se nos -1,0%, graças à instabilidade do pós-pandemia, que vem interromper o crescimento iniciado em 2014.

No setor da construção não residencial, os indicadores apontam também para uma quebra intensa, de 1,1%, quando em 2020 a contração foi de 0,5%. A evolução negativa deste setor deve-se à diminuição da atividade na componente privada. Por outro lado, a componente pública da constrição está a beneficiar da evolução positiva do mercado da sobras públicas ao longo de 2020, em que ocorreu crescimento no lançamento de novos concursos públicos e no volume de contratos celebrados.

Para o setor da engenharia civil, 2021 vai ser um ano marcadamente positivo, duplicando-se a taxa de crescimento em relação ao ano anterior. A engenharia civil irá beneficiar muito do crescimento das obras públicas, o que contribuiu para as previsões tão positivas.

A evolução do setor da construção em Portugal
Evolução do setor da construção em Portugal

-
É um profissional independente ou uma empresa e quer ter clientes com menos esforço?
Inscreva-se e obtenha clientes
Uma coisa antes de fazer o seu comentário: não é permitido incluir telefones de contacto, e-mails ou links para websites externos nesta secção, tal conteúdo será moderado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Receba notícias no seu e-mail

  • Hidden
    :
Suscribirme a la newsletter
¿Autónomo o empresa?
Consigue nuevos clientes y haz crecer tu negocio
Únete a habitissimo
usercalendar-fullcrossmenu